Menu

api

google-api

Google+ ganha API pública

Google anunciou nesta quinta-feira (15-setembro-2011) a nova API publica do google+.  Em uma versão limitada de sua API De acordo com  gigante de Mountain View,  que a API fornecerá neste primeiro momento, acesso somente de leitura dos dados públicos do projecto social, como informações do perfil e post recentes, com intuito de permitir que aplicativos e websites possam finalmente contectar ao google+.

“Isto deve fornecer acesso suficiente para você visualizar a API e começar a pensar sobre como você pretende construir seu aplicativo”, explicou o Google.

“Nós estaremos adicionando mais APIs ao longo do tempo para ajudar você a criar mais tipos de integrações”.

ActionScript 3.0 API Reference disponível para o iPhone

Mike Chambers acaba lançou seu novo AS3 API Reference aplicativo para iPhone. O aplicativo está disponível aqui: http://itunes.apple.com/WebObjects/MZStore.woa/wa/viewSoftware?id=302952929&mt=8 (iTunes link). Está a cerca de 10 MB, então você deve estar conectado a Wi-Fi ou o computador para fazer o download.

Mike tem uma entrada no blog e uma página principal sobre a app. Graças a este fantástico Mike para além da AS Ajuda.

Até agora, as opiniões são muito positivas, com uma ironia um (veja se você consegue adivinhar porquê ;-). Apreciar.

Tradutor do Google no iPhone

O Tradutor do Google, muito utilizado na Web para traduções rápidas ganhou uma versão exclusiva para o iPhone. Para acessar o tradutor, simplesmente digite translate.google.com no navegador do seu aparelho.

O Serviço possui todos os idiomas presentes na versão normal do tradutor, uma vez que se utiliza da AJAX Language API.

 

 

 

 

 

Fonte: Google Mobile Blog

Google AJAX API

Essa API de ajax do Google funciona como um repositório para os principais frameworks de JS, inclusive o Prototype e Scriptaculous . Agora ao invés de cada projeto ter seu framework de js na pasta do servidor do respectivo projeto você poderá usar os frameworks que estão no server do google.

E qual a vantagem?

O frameworks já vem otimizados e compactados com gzip então tempo de carga é menor. Outra vantagem óbvia é que será possível manter n cache do usuário os frameworks mesmo se ele mudar de domínio, isto acontece por que a url do google continuará sendo a mesma. Outra vantagem é que no momento quando seu browser está renderizando a tela e baixando os componentes de seu site ou aplicação ele consegue fazer downloads em paralelo mas no momento onde ele encontra um JS ele não realiza downloads em paralelo pois o JS pode interferir na forma como o restante da página deve ser mostrada, se o framework estiver no cache mesmo que o usuário nunca tenha entrado em seu endereço ele não vai precisar carregar os js’s do framework e o carregamento dos outros recursos será feito em paralelo.

E para usar é muito simples:
[sourcecode language=’javascript’]


[/sourcecode]

Flash Player 10 API class browser

Para aqueles que estão com vontade de experimentar a nova API do Flash player 10, e não havendo ainda qualquer documentação oficial da Adobe, encontrei AQUI, uma pequena aplicação em Flex onde poderão explorar as novas classes da API do Flash Player 10

Para testar as novas funcionalidades, podem instalar o novo Flex SDK 3, e configurará-lo para compilar para o novo Flash Player 10, utilizando a “comand line”, encontram AQUI as instruções.